HomePtLÍNGUA E LITERATURAo que é, características, tipos e exemplo

o que é, características, tipos e exemplo


Um discurso público é aquele que é lido ou improvisado diante de uma audiência

O que é falar em público?

o discurso público É um texto que se lê, no qual se desenvolve um tema que interessa a um grupo de pessoas, e sua intenção geral é persuadir, informar ou entreter. O grupo de pessoas é conhecido como plateia e quem expõe verbalmente o texto é o orador ou apresentador.

Este tipo de discurso baseia-se na oratória, a arte de se expressar e transmitir um ponto de vista de forma clara e compreensível perante uma audiência.

A oratória teve suas origens na Grécia e Roma antigas. Considerada uma habilidade importante tanto na vida pública quanto na privada, foi estudada como um componente da retórica.

Por outro lado, o termo discurso vem do latim discurso, que tem, entre seus vários significados, o de “correr entre duas partes”. Esse significado vem do fato de permitir que uma ideia seja conhecida de pessoa para pessoa ou de uma parte para outra.

A ideia é reforçada pelo uso de gestos, controle de voz e contato visual.

No discurso público, os temas abordados são de interesse e domínio do grupo de pessoas a quem se dirige. Entre a ampla gama de tópicos usuais que são objeto do discurso público, estão os políticos, religiosos, comunitários, acadêmicos, empresariais, motivacionais, etc.

Características do discurso público

Transmissor

No discurso público, o emissor é investido de autoridade, representatividade e competência. Da mesma forma, é conhecedor de assuntos de interesse coletivo.

É dirigido a um destinatário que representa uma determinada comunidade ou um setor dela. Existe uma categoria hierárquica na relação emissor-receptor.

Tópicos ou assunto

Todas as questões de relevância coletiva são fundamentos para um discurso público. A comunidade identifica no discurso a solução para suas preocupações.

Uma vez estabelecida essa identificação, o vínculo emissor-receptor é reforçado. O discurso, então, alcança aceitação no coletivo.

Objetivo

O discurso público tem o propósito de comunicar uma certa concepção, visão ou interpretação de questões e problemas que dizem respeito a uma comunidade.

O orador procura influenciá-la, conscientizá-la ou refletir sobre o problema em questão. Da mesma forma, o orienta ou move a compartilhar visões e objetivos para tomar decisões, acordos ou adotar determinadas atitudes ou comportamentos.

O contexto

Falar em público ocorre em um contexto de formalidade. Isso é ritual e característico. Trata-se de uma “encenação” com uma seleção criteriosa do nível formal da fala e dos recursos verbais e não verbais utilizados. O contexto facilita o alcance coletivo e a eficácia da mensagem do discurso.

Tipos de discurso público

De acordo com o propósito

informativo

Um dos propósitos de um discurso público é informar. Em um discurso informativo, o apresentador compartilhará informações sobre um determinado lugar, pessoa, lugar, processo, objeto, conceito ou problema.

Discursos desse tipo incluem apresentações para relatórios de negócios, aqueles preparados por professores para seus alunos em sala de aula ou discursos de treinamento ou coaching.

persuasivo

Um discurso público pode ter a intenção de persuadir. O apresentador tenta reforçar ou mudar as crenças, atitudes, sentimentos ou valores de seu público.

Discursos persuasivos incluem discursos de vendas para clientes em potencial, discursos de campanha de políticos ou debates durante um fórum público.

De lazer

Outro propósito pode ser comemorar ou entreter. Esses tipos de discurso geralmente reforçam os laços entre os membros da audiência.

Por meio da ação discursiva, o público relembra experiências compartilhadas. Outros discursos desse tipo visam divertir o público por meio de humor, histórias ou reminiscências.

Exemplos desse tipo incluem palavras durante um brinde, o discurso de um padrinho e palavras de condolências durante um funeral.

Da mesma forma, as palavras proferidas durante uma formatura, ou por ocasião da apresentação dos vencedores de um prêmio, pertencem a esse tipo de discurso. Também apresentações de ficar de pé de comediantes.

dependendo do tema

Comunidade

Dependendo do tema, uma grande variedade de discursos públicos pode ser encontrada. Dentre eles, destacam-se os comunitários – desenvolvidos diante de grupos representativos de uma determinada comunidade.

O tema é de interesse comum e a linguagem depende do nível cultural e social do público.

Políticos

Os discursos políticos também estão incluídos nessa classificação. Nesses casos, o emissor é um governo ou autoridade pública, ou um candidato a cargo.

Entre outras, a mensagem pode estar relacionada a declarações de autoridades, relatórios, contas, propostas de programas políticos, planos de governo, questões importantes para o país etc.

religioso

Por outro lado, entre a ampla gama de tipos de discurso público, há os religiosos. Estes são os emitidos por autoridades ou membros de grupos religiosos.

Podem ser mencionados os sermões, encíclicas, celebrações religiosas importantes, sermões e apelos à comunidade dos fiéis.

Dependendo da preparação

Extemporâneo

De acordo com a forma de preparar o discurso, você tem o extemporâneo. Isso é cuidadosamente preparado e praticado antes de enfrentar o público.

Nesses casos, o orador usa notas ou um esboço como guia ao fazer o discurso. Apesar disso, um tom de conversação é usado.

Improvisado

O discurso público de improviso é feito sem notas ou guias indicativos. Não tem nenhum tipo de preparação formal e se desenvolve de forma muito espontânea.

manuscritos

São discursos em que todas as palavras são registradas na forma escrita. Neles, não há espaço para improvisação e o orador lê o manuscrito ao longo de sua fala.

memorizado

São aqueles em que todo o conteúdo deve ser previamente memorizado pelo locutor.

O orador não improvisa nada e não se refere a guias ou roteiros. É o discurso mais arriscado porque qualquer descuido pode ser prejudicial, já que não há material de apoio.

Exemplo de discurso público

Ao longo da história da humanidade, houve discursos públicos que foram memoráveis ​​tanto pelo assunto como pelo efeito que causaram. Uma delas foi a do Reverendo Martin Luther King Jr., que aconteceu no Lincoln Memorial, Washington, EUA, em 28 de agosto de 1963.

Batizado com o nome de Eu tenho um sonho (Eu tenho um sonho), ocorreu no âmbito do movimento pelos direitos civis nos Estados Unidos. Em seu discurso, Luther King exortou os Estados Unidos a “realizar as promessas da democracia”, buscando capturar a necessidade de mudança e o potencial de esperança na sociedade americana.

Por outro lado, esta foi a maior marcha do movimento pelos direitos civis (mais de 200.000 pessoas). Além disso, milhões de pessoas assistiram na televisão.

Graças a este endereço, catalogado como o melhor do século XX, o Dr. King foi nomeado Homem do Ano pela revista Tempo e ganhou o Prêmio Nobel da Paz no ano seguinte.

O discurso, com cerca de 17 minutos de duração, foi um exemplo de discurso manuscrito. Um colaborador de Luther King preparou e entregou na versão original. No entanto, teve modificações no conteúdo e em seu título.

Ao final, algumas passagens deste excelente peça de oratória foram o resultado da improvisação do gênio e agudeza do orador.

Must Read

%d bloggers like this: