A função SOS do iPhone 14 assumirá uma rede de satélites

0
27
Como EDITAR FOTOS en tu TELÉFONO (...
Como EDITAR FOTOS en tu TELÉFONO (Lightroom Mobile)


estrela global

A Apple revelou ontem a série iPhone 14, que pode enviar mensagens SOS de emergência sem sinal de celular, conectando-se a satélites em órbita terrestre. Agora surgiram mais detalhes sobre quem está executando os satélites e como eles funcionarão.

A Apple selecionou a Globalstar Inc como parceira para a função Emergency SOS, que já opera uma rede de satélites em órbita baixa da Terra (LEO), como o serviço de Internet Starlink da SpaceX. A Globalstar diz que possui 24 estações terrestres, fornecendo comunicações para mais de 120 países e mais de 80% da superfície da Terra. A Apple está fornecendo US$ 450 milhões à Globalstar para atualizações de rede.

Talvez o detalhe mais interessante seja que a Globalstar está reservando a maior parte de sua rede exclusivamente para comunicações do iPhone. Um novo formulário 8-K arquivado na SEC revelou que a Globestar “alocará 85% de sua capacidade de rede atual e futura” solteiro para a Apple, em troca dos investimentos.

A Apple também não está sozinha na busca por conectividade via satélite em telefones. A T-Mobile e a SpaceX estão trabalhando em um recurso semelhante para comunicações de emergência, mas sem o hardware e as antenas especializadas do iPhone 14. A T-Mobile diz que funcionará com alguns telefones existentes. No entanto, a atualização requer novos satélites Starlink, que ainda não foram lançados.

Todos os modelos do iPhone 14 serão enviados com dois anos de conectividade SOS, assim que o serviço estiver disponível no final de 2022. A Apple ainda não disse quanto custará o serviço depois desse ponto.

Fonte: SEC, Reuters