HomePtLÍNGUA E LITERATURAAs ideias principais estão diretamente ligadas à ideia central

As ideias principais estão diretamente ligadas à ideia central


Uma tabela sinótica é a representação gráfica das conexões entre a ideia principal e as secundárias.

Quando as ideias principais estão diretamente ligadas à ideia central e a anotamos, usamos um quadro-resumo. Uma tabela sinótica representa graficamente e com palavras a síntese de um texto.

Sua estrutura é semelhante ao de uma árvore, pois começa com uma palavra principal da qual emergem outras, e estas se conectam entre si por linhas e conectores.

Seu nome é derivado da palavra sinopseque se refere a um breve resumo de um tópico e o objetivo principal deste recurso é contrastar as semelhanças e diferenças entre as variáveis ​​de um tópico.

É uma excelente estratégia de estudo, pois apresenta as informações de forma ordenada e coerente, além de permitir visualizar facilmente as conexões entre os principais conceitos, o que ajuda a memorizá-los e analisá-los mais rapidamente.

As mesas sinópticas estão muito presentes no meio académico, mas também no mundo empresarial, sobretudo como suporte para apresentações orais. Esses gráficos também são conhecidos como esquemas-chave ou gráficos conceituais.

Características e elementos da tabela sinótica

Ao fazer um quadro-resumo, deve-se levar em consideração o seguinte:

– As ideias são divididas de acordo com seu nível de hierarquia em: i) ideias principais, ii) ideias secundárias e iii) ideias complementares.

– Vários conectores podem ser usados, como colchetes, chaves e setas.

– A orientação pode ser horizontal ou vertical. No caso de orientação horizontal, a caixa é lida da esquerda para a direita e, no caso de orientação vertical, é desenvolvida de cima para baixo. Esses tipos de tabelas sinóticas são chamados diagrama tabelas sinóticas.

– É aconselhável usar definições curtas, geralmente duas ou três ideias principais são escolhidas no máximo.

Itens

Para fazer uma tabela sinótica, é necessário ter os seguintes elementos:

  1. Uma ideia principal para lidar.
  2. Ideias secundárias, que se originam da ideia principal.
  3. Ideias ou detalhes complementares, que são derivados de ideias secundárias.
  4. Colchetes ou chaves para demarcar a hierarquia entre as ideias.
  5. As ideias mais importantes estarão à esquerda se a orientação da caixa for horizontal e estarão no topo se a orientação for vertical.

Como fazer uma tabela sinótica

– O primeiro passo é fazer uma boa lendo do texto, para destacar as ideias mais relevantes. Familiaridade com o material é essencial.

– Uma vez estabelecidas as ideias principais, devem ser identificadas suas ideias secundárias e terciárias.

– É uma boa ideia iniciar a tabela com as ideias mais gerais e terminá-la com as mais específicas, tendo em conta as hierarquia disto.

– Os conectores devem ser usados ​​para organizar as informações, os mais comuns são as chaves.

– Usar palavras chave pode tornar o gráfico mais fácil de ler significativamente.

– Uma tabela sinótica pode ser feita manualmente ou com uma ferramenta digital, como um processador de texto, por exemplo.

Exemplo

Esquema geral de uma tabela sinótica

Diferença entre tabela sinótica e mapa mental

A principal diferença é que o mapa mental é um diagrama muito mais flexível, não foca na priorização de conceitos, mas busca gerar brainstorming. Essas ideias são interligadas por meio de ramificações que giram em torno da ideia principal.

Eles são uma maneira criativa de extrair informações e fazer anotações. Nos mapas mentais você encontra formas, desenhos, códigos, abreviações e símbolos.

Must Read

%d bloggers like this: