HomeMaternidadeFamíliaEstas são as razões pelas quais você NÃO deve colocar as crianças...

Estas são as razões pelas quais você NÃO deve colocar as crianças para dormir tarde


Quais informações você encontrará neste artigo? 👇

Você é um dos pais que não se preocupa muito em estabelecer uma rotina de horários e colocar os filhos cedo na cama ou, pelo contrário, acha muito difícil fazer seu filho dormir mais cedo do que os adultos em casa? Bom, dormir cedo, como fazíamos antes, faz uma grande diferença no crescimento e desenvolvimento das crianças.

Uma das dificuldades mais frequentes que os pais passam quando os filhos ainda são pequenos é habituá-los a ir para a cama cedo, e nessas horas, com a presença latente da televisão, telefones e tablets, a maioria das crianças resiste a dormir cedo , tornando a hora de dormir um desafio para os pais.

É claro que nossos hábitos mudaram, e dormir antes das 22h não é mais uma prática comum na maioria dos lares, mas não se preocupar em estabelecer uma rotina para colocar as crianças para dormir pode prejudicá-las em seu desenvolvimento e crescimento futuro. De acordo com um estudo recente realizado pelo renomado psiquiatra Ferreira Belisário, os distúrbios nos horários de sono, principalmente se ocorrerem nos anos mais importantes do crescimento, podem ter consequências importantes na saúde das crianças.

Ir para a cama cedo é muito importante para o desenvolvimento das crianças pequenas.

As consequências de dormir tarde para as crianças segundo a ciência

Segundo pesquisas, mudar nossos hábitos e estilo de vida pode influenciar diretamente no desenvolvimento futuro das crianças. Embora os horários em que as famílias iam para a cama antes das 22h já tenham passado para a história, a importância de dormir cedo não diminuiu, pelo contrário, é cada vez mais necessário para o correto desenvolvimento das crianças mais novas .

De acordo com a pesquisa do Dr. Ferreira e outros estudos relacionados a este tema, os pais deveriam se preocupar mais em colocar seus filhos na cama cedo, pois já foi comprovado que o hormônio do crescimento nas crianças e na maioria das pessoas, quase sempre atuam em torno de 12 :30 à noite, porém só agem na quarta fase do sono. Nesse sentido, se as crianças costumam ir para a cama entre 10 e 11 da noite, no mínimo, seu hormônio do crescimento terá menos tempo disponível para fazer seu trabalho, o que afetaria muito negativamente seu crescimento e desenvolvimento normais.

Crianças que vão para a cama tarde são afetadas negativamente em seu crescimento e desenvolvimento

Para chegar à conclusão deste estudo, o especialista comparou algumas imagens cerebrais de crianças que dormiam cedo com aquelas que dormiam mais tarde, antes de submetê-las a um teste de matemática. Observando ambas as imagens, eles descobriram que o cérebro das crianças que adormeceram cedo apresentavam várias áreas destacadas por seu excelente desempenho, enquanto nas crianças que iam dormir tarde apenas uma pequena área foi notada estar acordada.

família dormindo

Quais seriam, segundo estudos, as consequências da hora de dormir tardia para as crianças pequenas?

Os hábitos de nossos filhos podem ser mudados?

Colocar as crianças na cama cedo, embora seja uma tarefa um tanto difícil, é possível mudar os hábitos de sono dos nossos pequenos, mas para isso toda a família deve fazer a sua parte. Por isso, para mudar com sucesso a rotina de sono das crianças, é importante que os hábitos da família também mudem, já que os pequenos costumam concordar em ir para a cama quando sentem que toda a família também está de pijama e pronta para dormir. Caso contrário, é muito difícil para as crianças aceitarem dormir sozinhas, enquanto toda a casa ainda está acordada, as luzes permanecem acesas e todos se divertem assistindo TV ou estando em seus telefones e tablets. Por isso, uma das recomendações que o Dr. Ferreira faz para que os adultos consigam fazer as crianças dormirem mais cedo é preparar o ambiente e apagar as luzes da casa.

É muito difícil para as crianças aceitarem ir dormir sozinhas, principalmente se todos estão em casa quando sentem que toda a família está acordada.

O tom das luzes também é um fator muito importante e, segundo este especialista, as luzes brancas devem ser evitadas a todo custo, pois emitem uma espécie de onda que afeta diretamente as mitocôndrias da retina, o que por sua vez impede a estimulação de melatonina, ou seja, do hormônio do sono. Por isso, o Dr. Ferreira garante que é melhor usar luzes amarelas, pois, por serem mais quentes, tendem a relaxar e induzir o sono à noite.

Por sua vez, a luz emitida por dispositivos eletrônicos também pode causar os mesmos efeitos da luz branca, por isso não é aconselhável deixar telefones, laptops ou qualquer outro dispositivo eletrônico ligado na hora de dormir, pois afetará nossos sono e das crianças.

menina em uma cama com um despertador

Ir para a cama mais cedo faz uma grande diferença no crescimento e desenvolvimento das crianças.

A hora de dormir cedo para as crianças beneficia sua saúde e crescimento

Após os resultados dessas análises, os responsáveis ​​pela investigação deduziram que possivelmente as crianças que adormecem mais cedo e por mais horas tendem a reter mais informações do que as crianças que dormem menos e de forma intermitente. Eles também ousaram garantir que crianças mais descansadas pudessem até se tornar adultos menos propensos a sofrer de doenças graves, como Alzheimer.

menino dormindo em uma biblioteca

De acordo com o estudo, as crianças que dormem mais tarde e por menos horas tendem a reter menos as informações que estudaram anteriormente.

Para concluir, o Dr. Ferreira Belisário aconselha os pais a colocarem em prática alguns pequenos hábitos para que tanto as crianças pequenas como o resto da família possam melhorar consideravelmente a qualidade do sono e do descanso. Com a correria e o pouco tempo livre que sobra para ficar em casa, alguns pais tendem a esquecer o quanto é importante para os filhos construir um ambiente familiar saudável, onde todos possam conviver e se desenvolver em paz.

Distúrbios do sono, principalmente se ocorrerem nos primeiros anos de crescimento, podem ter consequências importantes na saúde das crianças

Esta nota foi avaliada, revisada e endossada pela Dra. Katherine Villalobos Sanchez Médico especialista da Universidade de Zulia (CMMDC 17.060 | MPPS 111.488)

Must Read

%d bloggers like this: