O phishing tem sido o principal fator por trás da maioria das grandes violações de segurança nas últimas semanas, incluindo LastPass, Uber e Rockstar Games. Embora a proteção contra phishing exija muito bom senso, há maneiras pelas quais a tecnologia pode ajudar, como um novo recurso no Windows SmartScreen.

A Microsoft anunciou um novo recurso para o Microsoft Defender SmartScreen, chamado “Proteção aprimorada contra phishing”, que avisa as pessoas se estiverem digitando uma senha conhecida em um aplicativo ou arquivo não seguro. O recurso está presente na atualização 22H2 mais recente do Windows 11.

A proteção aprimorada contra phishing pode ajudá-lo a cuidar de suas senhas de três maneiras diferentes. Se você visitar um site malicioso em qualquer navegador Chromium (incluindo Google Chrome e Microsoft Edge), o SmartScreen o alertará se você inserir sua senha em um campo que não seja de senha e fornecerá instruções sobre como alterá-la. O SmartScreen também pode avisá-lo se você estiver reutilizando sua senha da Microsoft em outras contas ou serviços e solicitar que você a altere, se for o caso. Por fim, o recurso irá alertá-lo se você estiver armazenando suas senhas em texto simples, como no Microsoft Office ou no Bloco de Notas, pois isso pode resultar no roubo de sua senha.

O novo recurso destina-se principalmente a PCs gerenciados por uma escola ou local de trabalho, mas pode ser implementado mais amplamente em PCs comuns no futuro. O computador também deve estar executando a versão mais recente do Windows 11.

Fonte: Microsoft