Quanto um bebê ou criança dorme? Hábitos e regras de sono

0
26


Quais informações você encontrará neste artigo?

Qual é a melhor hora para o meu filho dormir? Quanto um bebê ou criança dorme para descansar no dia seguinte? Meu filho dorme muito ou pouco? E isso pode causar algum problema no seu desenvolvimento? Tabela de horas de sono Essas são apenas algumas das muitas perguntas que você pode ter se feito sobre o sono do seu filho, e sabemos que fazer com que os pequenos vão para a cama quando têm distrações como a televisão pode se tornar um problema diário. Quer o seu filho seja recém-nascido ou já tenha idade suficiente para ir à escola, o sono dos nossos filhos é essencial para o seu bom desenvolvimento.

O número de horas que um bebê e uma criança dormem é importante para seu desenvolvimento

Um mau descanso nas crianças pode influenciar seu humor, tornando-as mais irritáveis, além de torná-las mais propensas a contrair doenças. Os problemas de sono podem até retardar o crescimento das crianças, por isso é muito importante que desde pequenos se estabeleçam rotinas que favoreçam um bom descanso.

Porém, acostumar nossos pequenos a dormir precoce é uma das situações mais difíceis de alcançar, ainda mais quando se recusam a fazê-lo. Não se preocupe!

É uma questão de aprender a calcular a hora certa de ir para a cama, criar rotinas diárias e seguir as dicas a seguir para que seu filho durma todas as horas que precisar.

PASSEIOS EM LISBOA | WALK AND TRIP
Menino dormindo na cama

Dormir cedo faz uma grande diferença no crescimento e desenvolvimento de uma criança

Quanto dorme um recém-nascido?

Quanto um bebê ou criança dorme? Horas de sono:

Para estabelecer uma rotina de sono correta para o seu filho, é importante que você saiba primeiro o quanto um bebê ou criança dorme, sabendo disso você poderá determinar qual é o momento adequado para ir para a cama. Neste ponto tudo vai depender da idade do seu filho e das suas necessidades fisiológicas. Nós iremos um bebê recém-nascido não precisa do mesmo número de horas de sono que uma criança de 6 anos precisa.

De acordo com as diferentes idades dos pequenos, os especialistas da Academia Americana do Sono estabeleceram um guia das horas de sono recomendadas, de acordo com suas necessidades para cada etapa de seu crescimento.

A quantidade de sono que uma criança precisa depende de sua idade

Um bebê recém-nascido normalmente precisa de 16 horas de sono ao longo do diaapós cada ingestão de leite, e à medida que o seu filho cresce e os meses passam, as horas de sono são reduzidas da seguinte forma:

  • Aos 3 meses de vida ele vai dormir 15 horas por dia, mesmo com cochilos curtos.
  • no fim do anoCostumam dormir entre 13 e 14 horas / 11 horas à noite e 2 ou 3 horas durante o dia.
  • 1 a 3 anosEles devem dormir entre 10 e 13 horas por dia com alguns cochilos opcionais durante o dia. Se a partir dos 3 anos o seu bebé resiste às sestas durante o dia, talvez seja porque está na hora de abandoná-los, lembre-se que desde o primeiro ano de idade é quando o seu pequeno começa a dormir a noite toda sem acordar.
  • Entre 4 e 5 anos velhos, dormem de 10 a 12 horas por noite.
  • A partir de 6 a 8 anosas crianças precisam de 11 a 12 horas de sono
  • S com 10 e 12 anoscerca de 10 horas por dia.

Calcule a hora certa!

A qualidade do sono das crianças é vital, especialmente quando elas começam a escola, então a melhor maneira de garantir o bom descanso do seu filho é calcular, com base neste guia, o melhor horário para ele ir para a cama, com base no horário que a criança deve dormir no dia seguinte.

No caso de crianças menores de 5 anos, sua idade, a hora dos sonhos noturnos e os cochilos durante o dia devem ser considerados para saber com certeza quando é hora de colocá-los na cama.

Por exemplo, se seu filho tem entre 1 e 5 anos e você precisa levá-lo para a creche ou escola, devemos calcular a hora que você o acorda (às 7:00 da manhã) e as horas que ele deve dormir, ( aproximadamente 13 horas), o mais aconselhável é que se deite entre as 19h00 e as 19h30.

Para bebês, a mesma fórmula seria usada: hora que você o acorda – horas de sono que ele precisa dormir durante a noite = hora que você deve colocá-lo na cama.

recém-nascido no berço dormindo

As recomendações começam após quatro meses, pois é difícil estabelecer previamente critérios em termos de horas de sono

O sono estimula o bom desenvolvimento das crianças

O sono saudável em crianças não é apenas importante para seu desempenho na escola, mas também é vital para sua saúde.

De acordo com estudo “Distúrbios do sono na infância”publicado pela Associação Espanhola de Pediatria, um bom descanso tem impacto direto no desempenho escolarafeta o desenvolvimento da linguagem e a capacidade de aprendizagem, portanto, não ter um bom sono pode levar a comportamentos hiperativos em crianças, bem como alterações de humor.

Não só o número de horas importa, mas a qualidade

O estudo ainda afirma que dormir menos horas do que o recomendado pode alterar a taxa normal de crescimento das crianças. Isso acontece porque o desenvolvimento do sistema nervoso depende do número de horas que as crianças dormem e da qualidade do sono que elas têm, já que durante as primeiras horas de sono são produzidos 60% da secreção total do hormônio do crescimento.

Menina dormindo na cama

Um bom sono melhora a atenção, o comportamento, o aprendizado, a memória, a qualidade de vida e a saúde.

As rotinas são fundamentais: crie uma rotina de sono para ele!

A melhor maneira de as crianças se acostumarem a dormir cedo é implementando rotinas, estabelecendo uma série de atividades, que devem ser repetidas todas as noites antes de dormir. Um exemplo é dar banho, oferecer mamadeira, escovar os dentes e depois ler uma história para dormir.

Desta forma, você criará uma rotina nele que ajudará a formar hábitos e adormecer na hora certa. Quando chegar a hora, serão eles que lhe pedirão para ir para a cama.

Ao criar uma rotina de sono para o seu filho, você deve levar em consideração que o horário para acordar também deve ser o mesmo. O fato de seu filho ter horários fixos facilitará muito a hora de dormir e seu pequeno aceitará ir para a cama sem nenhuma resistência.

Embora esses horários tendam a mudar durante os períodos de férias, é melhor se acostumar com sua rotina anterior alguns dias antes de retornar à escola.

Regras de ouro na hora de dormir

Vamos ver dicas importantes para melhorar a rotina de sono das crianças:

  • A criança não deve assistir TV ou jogar videogame à noite: O mais aconselhável é evitar assistir televisão ou jogar videogame nas últimas horas do dia, pois isso não ajudará a criança a relaxar e dificultará o sono. Opte por ler histórias antes de desligar a luz, para que possa relaxar antes de dormir.
  • Impedir que ele durma em qualquer lugar que não seja sua cama: As crianças têm de adormecer no seu quarto. É importante que associem o quarto ao descanso.
  • Luz fraca durante o sono da criança: A melhor coisa a fazer é manter o quarto o mais escuro possível e evitar que a luz da rua reflita, por isso é recomendável cobri-lo com uma persiana ou cortina grossa. Você também pode usar uma luz fraca na mesa de cabeceira para evitar que a criança fique com medo no meio da noite.
  • Cada um na sua cama: Se depois de ter realizado toda a rotina de sono a criança se levantar novamente, é melhor acompanhá-la até a cama e tranquilizá-la, sempre garantindo que a criança possa adormecer sem que seus pais estejam presentes.
Mãe lendo um livro para seu bebê

Ter certos hábitos para dormir favorece o descanso dos pequenos.

Lembra que proporcionar rotinas de sono e um ambiente descontraído, com música suave, pouca iluminação e leitura antes de dormir são a melhor maneira de acostumar seu filho a respeitar seu sono. Finalmente, é importante estabelecer um horário razoável para ir para a cama, para evitar que as crianças durmam cada vez mais tarde e garantir que obter o descanso que você precisa.

Se você tiver alguma dúvida, consulte seu pediatra para o caso particular do seu bebê.

Esta nota foi avaliada, revisada e endossada pela Dra. Katherine Villalobos Sanchez Médico especialista da Universidade de Zulia (CMMDC 17.060 | MPPS 111.488)