quem é, biografia, trabalhos e prêmios

0
54


Maria Fernanda Heredia
Ciclos de SQL como se usan
Ciclos de SQL como se usan

Quem é Maria Fernanda Heredia?

Maria Fernanda Heredia Pacheco (1970) é uma escritora e designer gráfica equatoriana famosa por seu trabalho dedicado a crianças e jovens. Seus primeiros passos foram dados na publicidade, mas depois encontrou sua verdadeira vocação nas letras.

Heredia não pretendia se dedicar à escrita. No entanto, ele usou a literatura para abordar os problemas que enfrentou em um ponto de sua vida. Graças a essa abordagem, ela descobriu que foi chamada para exercer a profissão literária.

A escritora contou que sua paixão pela leitura começou tarde, já que aconteceu depois dos 11 anos. Na mesma época, ele começou a escrever um diário como um hobby.

Começou sua carreira aos 22 anos com contos infantis. Não foi até 2001 que Heredia publicou seu primeiro romance, chamado Amigo é escrito com H, que foi rejeitado no início, mas depois se tornou um enorme sucesso. Essa obra rendeu ao autor equatoriano vários prêmios.

Desde 2008, Heredia é colunista da revista Casa com uma coluna voltada para o público adulto. Em 2018, ele publicou um livro chamado deixa os pássaros voarem, Neste trabalho, a autora compilou 41 dos textos que escreveu naquele espaço nos últimos 10 anos.

Ela é uma das escritoras de literatura infantil mais reconhecidas de Quito hoje. Recebeu o Prêmio Nacional Darío Guevara Mayorga de Literatura Infantil e Juvenil e o Prêmio Norma-Fundalectura Latino-Americano de Literatura Infantil e Juvenil.

Biografia de Maria Fernanda Heredia

Primeiros anos

María Fernanda Heredia nasceu em 1 de março de 1970 em Quito, Equador. Ela é a segunda de quatro irmãs. Ela era uma jovem muito tímida que encontrou consolo na escrita e na leitura depois dos 11 anos, quando se deparou com o livro As aventuras de Tom Sawyer.

Com esse livro veio a Heredia a vontade de imaginar universos em que ela não era a mesma garota que via no espelho, mas aquela que ela queria se tornar. Além disso, ele conseguiu explorar seus próprios problemas de diferentes perspectivas.

Estudou no Colégio La Dolorosa. María Fernanda Heredia então cursou a faculdade no Instituto Metropolitano de Design, localizado em Quito, Equador. Foi lá que se formou designer gráfica, profissão que exerceu por dez anos na área de publicidade e ilustração.

Começo na literatura

Seu primeiro contato com a literatura ocorreu formalmente aos 27 anos.

Naquela época, o equatoriano escreveu obrigadahistória dedicada ao avô Fausto, na qual ela expressava tudo o que achava que ele precisava saber, pois percebia que o desaparecimento físico do avô seria iminente.

Nessa primeira obra ele abordou os sentimentos gerados pela possível perda de uma das figuras fundamentais de sua vida.

Ao ser levado ao seu editor, referiu-se ao texto como um livro para crianças em idade pré-escolar e Heredia ficou perplexa, pois não havia escrito para um público jovem.

No entanto, a escritora percebeu então que a área em que sua atuação realmente se destacava não era a ilustração, mas a literatura.

obrigadao primeiro conto de María Fernanda Heredia, conseguiu ganhar o Prêmio Nacional de Literatura Infantil do Equador em 1997.

A autora afirmou em uma ocasião que nunca havia escrito textos para crianças e acreditava que esse pode ser um dos fatores que contribuem para o seu sucesso. Use uma linguagem simples para apresentar problemas complexos.

Trajetória

O primeiro romance de María Fernanda Heredia foi Amigo é escrito com H, publicado em 2003. Nele explorou o tema do amor não correspondido que surge entre dois amigos. O escritor explicou que essa experiência pode marcar uma pessoa aos 12 anos tanto quanto aos 27.

Ao longo de mais de 20 anos de carreira, um dos temas recorrentes em seus textos é a relação entre avós e netos, talvez a mais importante na vida de María Fernanda Heredia. Da mesma forma, a figura dos avós costuma conduzir a narração nas histórias que ela escreve.

A autora possui uma lista de publicações que não para de crescer desde 1997. Possui aproximadamente 35 obras entre contos, romances e outras publicações. Sem contar suas colaborações com a mídia impressa.

Entre suas publicações notáveis ​​estão Caso eu não tenha dito a você, The Lemonade Club e Wanted Santa Claus, Wanted Prince Charming, como seu trabalho de estreia, Amigo se escreve com H.

Presente

O autor equatoriano, há mais de uma década, vive em Lima, Peru. A partir daí dedica-se à sua obra literária, colabora também na revista Casa desde 2008, em coluna voltada para o público adulto.

Em 2018 publicou deixa os pássaros voarem, uma compilação de 41 das colunas que ele escreveu para a revista Casa. Ele garante que escolheu aqueles que sentiu que gostaria de lembrar, que estavam cheios de humor e que, além disso, deixaram uma mensagem interessante, mas que o número de artigos não teve um significado especial.

Ela escolheu esse título porque um professor lhe disse ao descobrir um de seus textos que sua cabeça estava cheia de pássaros, com a intenção de ridicularizá-la quando jovem.

Hoje, Heredia agradece por continuar com uma imaginação vívida e o entusiasmo necessário para continuar trazendo histórias para leitores de todo o mundo.

Em um de seus trabalhos mais recentes, Fantasmas têm boa caligrafia, Heredia tratou da questão do abuso sexual infantil. Ele explicou que é preciso ter conversas delicadas sobre situações complexas para estar preparado.

Local de construção

Estilo

Em sua narração, María Fernanda Heredia usa o humor como ponte para estabelecer um vínculo com seus leitores. Embora nunca tenha pensado em escrever para crianças ou jovens, seus textos são voltados para o público infantil.

A simplicidade na linguagem e nas metáforas que Heredia escolhe para captar suas histórias são um dos fatores de seu sucesso entre os jovens. No entanto, ela continua a abordar questões delicadas para o público de qualquer idade.

Publicações

obrigada (1997).

– Como devo fazer para não te esquecer? (1997).

– O presente de aniversário (2000).

– Há alguém aqui? (2001).

– Amigo é escrito com H (2003).

– Procura-se Papai Noel, Procura-se Príncipe Encantado (2003).

– O urso, o melhor amigo do homem (2003).

– Caso eu não tenha te contado (2003).

O prêmio que sempre sonhei (2003).

Cupido é um morcego/vampiro (2004).

Alguém está aqui? (2005).

O contágio (2005).

Você quer saber a verdade? (2006).

fantasma em casa (2006).

Há palavras que os peixes não entendem (2006).

Onde está a mamãe? (2007).

clube da limonada (2007).

cirurgia de coração partido (2009).

a ponte da solidão (2009).

coração de estúdio fotográfico (2009).

Olá, Andrés, é Maria de novo… (2010).

O melhor inimigo do mundo (2010).

Patas para cima (2011).

eu nunca digo adeus (2011).

o vaga-lume sabe (2011).

penas de boas-vindas (2012).

A coisa mais estranha da minha casa (2012).

A chuva sabe porque (2012).

a sombra sorri (2012).

O Plano de Cupins (2013).

300 quilômetros com Rebeca (2014).

os dias raros (2015).

Os astronautas (2018).

Tudo começou quando eu sonhei com você (2018).

fantasmas têm boa caligrafia (2018).

deixe os pássaros voarem (2018).

fantasmas em casa (2018).

fantasmas cheiram a baunilha (2019).

Prêmios

Prêmio Nacional de Literatura Infantil e Juvenil Darío Guevara Mayorga. Concedido pelo município de Quito, no Equador. María Fernanda Heredia obteve esta distinção 5 vezes, a primeira em 1997 nas categorias de Melhor História Infantil e Melhor Ilustração pelo seu trabalho Como devo fazer para te esquecer?

– Prêmio Latino-Americano de Literatura Infantil e Juvenil Norma – Fundalectura. Concedido pela Editorial Norma e Fundación Fundalectura em 2003, ao romance Amigo é escrito com H.

prêmio benny, em homenagem a Benjamin Franklin. É atribuído por Indústrias de impressão da América (PIA) e premia artes gráficas mundiais. Ganhou-o em 2003 pelo trabalho Caso eles não tenham lhe contado.

Prêmio Na Borda do Ventopremiado pelo Fondo de Cultura Económica, pelo seu livro os dias rarosco-escrito com Roger Ycaza.

Os livros de María Fernanda Heredia são recomendados por várias organizações, incluindo o Banco del Libro, a Fundación Cuatro Gatos, a Fundalectura, a Conselho Internacional de Livros para Jovens (International Organization for Young People’s Books) e muitos outros que se dedicam à promoção da leitura entre os jovens.

Referências

  1. Equador, C. Escreva e supere a invisibilidade. Recuperado de eluniverso.com
  2. As cartas que são capazes de interessar aos jovens. Recuperado de arealibros.republica.com