HomePtLÍNGUA E LITERATURAquem foi, biografia e obras

quem foi, biografia e obras

- Advertisement -


José de Espronceda

Quem foi José de Espronceda?

José de Espronceda e magro (1808-1842) foi um destacado escritor espanhol que pertenceu ao Romantismo. Muitas de suas obras foram influenciadas por poetas britânicos, como Lord Byron ou James Macpherson (Ossian).

Muitas das obras deste autor se concentraram em questões sociais espanholas e causas liberais. A paixão de sua personalidade está incorporada em sua poesia. O ritmo e a sonoridade dos versos foram a principal contribuição para popularizar sua obra escrita.

Espronceda combinou sua obra literária com a política. Descendente de uma importante família da época, permitiu-lhe conviver com os governantes mais transcendentais. Isso facilitou a sua eleição como deputado aos tribunais, representando Almería.

A vida do escritor espanhol nem sempre foi cheia de benefícios. Ele enfrentou a morte de seus pais, perseguição e prisão. Além do abandono de sua esposa. É considerado um dos grandes poetas do romantismo espanhol primitivo.

Biografia de José de Espronceda

Nascimento

José de Espronceda nasceu em 25 de março de 1808 no município de Almendralejo, na Espanha. Não há informações precisas sobre seus pais, mas sabe-se que ele veio de uma família rica. Sabe-se que seu pai pertencia ao exército espanhol, ele ocupou o cargo de coronel.

Infância e juventude com ideais livres

A patente militar de seu pai lhe permitiu viver em lugares diferentes. Depois de entrar na escola San Mateo em Madrid, tornou-se aluno do poeta Alberto Lista. Desde muito jovem se apaixonou pela literatura e pela política. Ambos fizeram parte de sua vida.

Com seus amigos escritores, Patricio de la Escosura e Ventura de la Vega, criou, aos 15 anos, uma sociedade secreta para vingar a morte do soldado e político espanhol Rafael del Riego. O grupo foi chamado de “Los Numantinos”, e funcionou entre 1823 e 1825.

A escola de Alberto Lista foi fechada por causa das ideias e pensamentos que ele ensinava aos alunos. Esse evento incentivou de Espronceda e outros amigos a criarem a Academia Mirto para continuar com a formação dos alunos. Foi lá que o escritor desenvolveu suas primeiras obras poéticas.

Sua rebelião, causa do exílio

As constantes atividades intelectuais do poeta, bem como suas várias intervenções na política espanhola, causaram seu exílio. Em 1825 foi condenado a deixar Madrid por cinco anos. Mais tarde, eles decidiram que seriam apenas três meses, então ela foi para um convento em Guadalajara.

Um tempo para a atividade literária

Em 1825 Espronceda tomou a decisão de se desvincular da atividade política. Ele fez isso por dois anos, e se dedicou totalmente à poesia. Nessa época ele escreveu vários de seus poemas de juventude, ele também concebeu e escreveu uma parte do poema histórico O Pelayoobra que durou até 1835.

Com a criação de sua obra lírica, apoiou os ensinamentos de seu professor Lista, bem como a influência que teve nos poetas de Salamanca e Sevilha. Esse foi o palco onde ele escreveu vida no campo S a tempestade de nnoite. Foram anos frutíferos para o escritor.

Negação de entrada para o Royal College

O pai de Espronceda tentou fazer com que o filho ingressasse no Colégio Real e Militar dos Cavaleiros da Guarda Marinha, mas falhou porque os documentos legais não estavam atualizados e o poeta tinha quase 18 anos. Era 1826, e ele não tinha intenção de se preparar profissionalmente.

Um ano depois viajou de Madrid para Portugal. No entanto, o momento político do país europeu levou-o a ficar confinado ao castelo de São Vicente, sendo posteriormente expulso juntamente com outros exilados políticos para Londres.

Foi em Portugal que conheceu Teresa Mancha, no entanto, não existem documentos fiáveis ​​que o suportem.

Relacionamento com Teresa Mancha

Teresa Mancha era filha do Coronel Epifanio Mancha, que estava preso no castelo de São Jorge, em Portugal. Eles eram amantes e até tiveram um filho. Espronceda estava profundamente apaixonado por ela.

No entanto, a relação entre os dois teve muitos altos e baixos. Teresa decidiu deixá-lo e morreu pouco tempo depois.

Guerra e atividades jornalísticas

Chegou a Londres em setembro de 1827. Mais tarde, foi morar na França, onde participou ativamente dos primeiros passos da revolução.

Após a morte de Fernando VII regressou à sua terra. Em Madrid ingressou na Milícia Nacional, trabalhando como jornalista.

Em 1834 ele entrou na Guarda Real, mas foi removido de Madrid novamente por medo de seus ideais políticos. O tempo que passou na cidade de Cuéllar foi dedicado a escrever Sancho Saldanatambém conhecido como Castelhano de Cuellarum romance histórico.

Sua vida política permaneceu ativa. Foi secretário para a Espanha na embaixada em Haia, deputado em Almería e parlamentar nas Cortes Generales. Espronceda sempre se manteve firme diante de seus ideais e soube conciliar habilmente suas duas grandes paixões: literatura e política.

Morte de Espronceda

O poeta permaneceu ativo em suas tarefas, até que a morte o alcançou. O que começou como uma dor de garganta se transformou em difteria. Morreu em Madri em 23 de maio de 1842, aos 34 anos, pouco antes do casamento com Bernarda de Beruete.

Tocam

O estilo literário de Espronceda estava claramente inscrito no romantismo. Em cada uma de suas obras ele exaltou sua paixão pela liberdade. Uma de suas principais influências foi o poeta inglês Lord Byron. Seu trabalho era mais lírico do que narrativo.

Sancho Saldana (1834)

Novela histórica. O escritor se inspirou na vida de Sancho IV de Castela, conhecido como El Bravo. A obra de Espronceda tem nuances fantásticas, e ele a ambientou em Castela. É sobre o jovem Saldaña, que se apaixonou por Leonor, mas não conseguiu ficar com ela. Depois que um novo amor o leva ao infortúnio.

Nem o tio nem o sobrinho

Comédia de emaranhados. Espronceda o desenvolveu em três atos. São sete personagens que participam, sendo Don Martín o protagonista. Os diálogos são cheios de naturalidade e graça. A obra estreou em 25 de abril de 1834, e Antonio Ros, amigo íntimo do autor, colaborou em seu desenvolvimento.

canção pirata

Com este poema, o autor destacou a personalidade e o caráter dos piratas, seu estilo de vida, sua liberdade, longe dos padrões impostos pela sociedade. Foi publicado pela primeira vez em 1835, na revista O artista.

O estudante de Salamanca

Era um poema narrativo que Espronceda começou a trazer à luz aos poucos. Ele fez isso pela primeira vez em 1837, até sua publicação em 1840.

É composto por cerca de 1.704 versículos. O autor o estruturou em quatro partes. Foi baseado na história de Don Juan Tenório, desenvolvida por outros escritores (Tirso de Molina e José Zorrilla).

Os críticos afirmam que este é o melhor poema deste subgênero do século 19 (o sedutor de Don Juan).

Amor vingar suas queixas (1838)

Foi uma das histórias de amor e vingança mais representativas de Espronceda. Foi escrito em prosa e desenvolvido em um único ato, dividido por sua vez em duas pinturas e quatro cenas.

São mais de dezenove personagens, sendo a protagonista Dona Clara de Toledo, a Marquesa de Palma.

O mundo do diabo

Foi considerado o último dos poemas mais longos de José de Espronceda. Embora tenha começado a escrevê-lo em 1839, não o terminou. Mas ele publicou alguns fragmentos em algumas revistas renomadas da época.

O autor desenvolveu temas como Deus, vida, morte, e também fundiu o dramático com a narrativa.

Eu canto para Teresa (1841)

É um poema que o autor escreveu para Teresa, sua amada e mãe de sua filha. É composto pelas chamadas oitavas reais ou versos hendecassílabos com rima consonantal. Nesta obra o escritor encarna beleza e profundidade.

O Pelayo

Estava entre as obras inacabadas de Espronceda. Para sua criação foi inspirado nas obras de Virgílio e Homero. O que ele conseguiu escrever compunha-se de pouco mais de mil versos, divididos em fragmentos, que não se relacionavam entre si.

Referências

  1. Biografia de José de Espronceda. Recuperado de cervantesvirtual.com
  2. José de Espronceda. Recuperado de españaescultura.es
- Advertisement -
- Advertisement -
Stay Connected
16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe
Must Read
- Advertisement -
Related News
- Advertisement -
%d bloggers like this: