Quais ferramentas você precisa para alcançar um DevOps eficaz?

0
42


Nico The Kid / Shutterstock.com

DevOps é uma abordagem para entrega de software que integra o processo de desenvolvimento com tarefas de operação de serviço. Implementações eficazes de DevOps facilitam o melhor desempenho, aumentando a eficiência e reduzindo os silos entre as equipes.

Embora a cultura da equipe seja uma grande parte do DevOps, o sucesso também depende de ter as ferramentas certas para formar fluxos de trabalho sem atrito. Neste artigo, veremos sete tecnologias que você deve incluir em seu arsenal de DevOps. Isso ajudará você a automatizar seu pipeline de entrega e incentivar a colaboração entre as disciplinas.

Gerenciamento colaborativo de fontes

Os repositórios de código-fonte com controle de versão são essenciais para DevOps. Serviços como GitHub e GitLab permitem que o código seja armazenado centralmente, tornando-o acessível a todos os envolvidos em um projeto.

Os repositórios devem ser mantidos abertos sempre que possível, pois geralmente é útil para não desenvolvedores acessar o código e fazer pequenas alterações. Isso cria um fluxo de trabalho mais simplificado, onde todos podem contribuir com sua própria iniciativa. Um desenvolvedor ainda pode revisar as alterações antes de serem mescladas na ramificação principal.

Seu provedor de controle de origem deve se integrar às outras ferramentas desta lista. Ele representa a fonte da verdade para o seu projeto, onde todo o material constituinte é mantido em segurança. Você pode colocar a automação em camadas para testar continuamente as alterações e implantá-las na produção.

Gerenciamento de projetos e problemas

Ter um sistema central de gerenciamento de tarefas também é vital. Isso pode ser incorporado à sua plataforma de controle de origem, como a funcionalidade de problemas no GitHub e no GitLab, ou você pode usar uma solução externa voltada especificamente para o gerenciamento de projetos. Jira e Trello são duas opções populares.

Os problemas também devem estar abertos a todos, como o código em seus repositórios de origem. Tornar seu backlog visível em toda a sua organização informa as equipes sobre sua direção de engenharia. Também permite que as pessoas verifiquem se um problema já é conhecido, reduzindo o risco de duplicação. A equipe de suporte, gerentes de contas de clientes, testadores de controle de qualidade e gerentes de projeto devem poder contribuir com problemas com base em suas próprias descobertas, requisitos e prioridades.

Canais de comunicação

O sucesso do DevOps depende de ter canais de comunicação diretos entre as diferentes equipes. Você não alcançará um processo de desenvolvimento totalmente integrado se suas equipes não conversarem entre si. Os desenvolvedores podem não estar cientes dos problemas que ocorrem na produção, enquanto os operadores podem não entender a lógica por trás de decisões específicas de engenharia.

As ferramentas de comunicação assíncrona são essenciais para quebrar essas barreiras. Soluções de bate-papo como Slack, Mattermost e Rocket Chat permitem discussões de bate-papo que mantêm todos na mesma página.

Um manual central que define as principais abordagens de engenharia, estratégias operacionais e objetivos de negócios é outro ativo útil. Um site interno, wiki ou notebook digital possibilita a disseminação perene de informações por meio de um modelo de autoatendimento. Isso mantém as pessoas produtivas quando encontram um obstáculo.

testes automatizados

Testes automatizados aumentam a qualidade e consistência do software. Automação e teste são dois componentes fundamentais do DevOps; combiná-los torna cada um mais poderoso.

A execução de testes em cada confirmação de código oferece a confiança de que você pode implantar com segurança a qualquer momento. O teste automatizado permite que não desenvolvedores façam alterações simples no código sem o risco de causar uma regressão não detectada. Aumentar a cobertura do teste é uma das melhores maneiras de encontrar novos bugs e evitar repetições.

Existem vários tipos diferentes de testes que você pode executar. Os testes de unidade são os mais simples e se concentram em funções de código específicas isoladamente. Os testes de integração são o próximo passo lógico, pois verificam as interações entre várias unidades. O teste de ponta a ponta investiga fluxos de usuários inteiros, como acessar a página de registro, preencher o formulário e criar uma nova conta de usuário no banco de dados.

Pipelines de integração contínua (CI)

Os pipelines de integração contínua (CI) são usados ​​para executar ações automaticamente sempre que o código em seu repositório for alterado. As implementações de CI são incorporadas a sistemas de controle de origem populares, como GitHub e GitLab, e também estão disponíveis como plataformas independentes, como Travis e Jenkins.

O papel do CI é integrado novas alterações no código existente em seu projeto. Eles são mais comumente usados ​​para implementar as rotinas de teste automatizadas discutidas na seção anterior. Os pipelines também podem executar linters, escanear seu código em busca de problemas de segurança e realizar quaisquer outras verificações necessárias antes que as alterações sejam consideradas prontas para uso.

A entrega contínua (CD) é um tópico intimamente relacionado. Um pipeline de CD geralmente é executado após o CI. Ele contém etapas que criam, implantam e iniciam seu projeto automaticamente, assim que as novas alterações forem integradas. Uma implementação de CD eficaz permitirá que você forneça novo código sem qualquer intervenção manual, fornecendo uma opção de reversão confiável em caso de problemas.

plataforma de observabilidade

A observabilidade é um pilar dentro da mentalidade do DevOps. A capacidade de monitorar com precisão os sistemas ativos permite identificar rapidamente novos problemas e desenvolver patches em resposta.

As melhores soluções de observabilidade poderão agregar métricas, logs e rastreamentos de todos os seus aplicativos. Os dados coletados devem ser usados ​​para montar painéis visuais que fornecem uma visão geral imediata do desempenho do seu serviço. Alertas automáticos podem enviar ping para equipes de plantão em resposta a problemas, minimizando o tempo de inatividade e os custos associados.

O Prometheus é uma das soluções de observabilidade mais populares. Muitas vezes, é combinado com tecnologias como Grafana e Elasticsearch para exibir informações úteis em um formato acessível. A configuração de uma pilha de observabilidade leva tempo, pois você precisa determinar quais métricas coletar e como apresentá-las, mas o trabalho vale a pena ao produzir uma maior conscientização sobre a integridade do sistema.

Infraestrutura como código

As ferramentas de infraestrutura como código (IaC) automatizam a configuração e a manutenção dos recursos do servidor em nuvem. Os componentes de infraestrutura são definidos como arquivos de configuração de texto em um repositório com versão. A ferramenta IaC interage com a API do seu provedor de nuvem para criar serviços em sua conta conforme você envia novos arquivos.

O IaC resulta em uma infraestrutura reproduzível onde as mudanças podem ser auditadas, revisadas e rastreadas ao longo do tempo. Você pode expressar ambientes físicos complexos usando regras de configuração relativamente simples. As diferenças entre as nuvens são abstraídas para você, facilitando a movimentação entre elas.

Ansible e Terraform são duas das ferramentas IaC mais populares. Eles geralmente são usados ​​como parte de um pipeline de CI, portanto, as alterações na nuvem são aplicadas automaticamente quando você faz alterações na configuração de origem. Os desenvolvedores também podem usar o IaC para configurar ambientes de engenharia temporários que imitam a produção.

conclusão

O DevOps bem-sucedido depende de várias ferramentas configuradas para funcionar em uníssono. O trabalho começa como tickets em um sistema de gerenciamento de projetos centralizado. O código é então verificado em um repositório de origem controlado por versão, onde pode ser testado automaticamente como parte de um pipeline de CI. As alterações são então implantadas na infraestrutura que um provedor de IaC provisiona sob demanda. As cargas de trabalho de produção devem ser monitoradas continuamente usando um conjunto de observabilidade, permitindo que as regressões sejam rapidamente detectadas e resolvidas.

A adoção dessa cadeia de ferramentas leva a um fluxo de trabalho totalmente integrado que se beneficia de uma ampla automação. Novas revisões podem ser implementadas continuamente usando um modelo de desenvolvimento iterativo que permite que todos contribuam. Desenvolvedores e operadores podem se concentrar nos elementos exclusivos de seu trabalho, em vez de criar implantações manualmente e analisá-las em busca de problemas. Isso significa que você pode enviar código de qualidade superior a uma taxa mais alta.